Cada vez mais as casas sustentáveis estão ganhando espaço no Brasil. No entanto, ainda existem muitas dúvidas sobre o lar sustentável, principalmente em como deixar a casa nestas condições, mas com preço viável.

Pensando nisso, resolvemos abordar no texto, como é uma casa sustentável, quais materiais podem ser usados de forma que seja econômica, segura e bonita.

Acompanhe e boa leitura!

O que é uma casa sustentável?

Antes de falarmos sobre as soluções, para ter sua casa sustentável é preciso compreender o que significa. Sendo assim, um lar sustentável é uma moradia feita com materiais sustentáveis. Ou seja, este local precisa ter uma relação saudável com o meio ambiente, para preservar o bem estar dos seus moradores.

Em vista disso, uma casa 100% sustentável precisa seguir as exigências e certificações, sendo a certificação AQUA-HQE e o selo ouro do Green Building Council.

Todas estas casas são projetadas e feitas com base na sustentabilidade ambiental e que não provoca danos ao meio ambiente.

Importância da casa sustentável no meio ambiente

Atualmente, a energia elétrica residencial é a mais consumida no Brasil e isto exige o uso de combustíveis fósseis, logo, contribui para o aquecimento global.

Com a construção das casas verdes é possível diminuir a poluição do ar, da água, o desmatamento e contaminação do solo. Estes projetos são úteis, pois permitem preservar o meio ambiente, além de garantir o uso racional e consciente dos recursos naturais. Desse modo, além dos benefícios para o meio ambiente, proporciona também vantagens para os usuários, como redução de gastos com energia elétrica e água.

Como é feito um projeto de casa sustentável

Para a construção é preciso seguir as referências de sustentabilidade além de algumas características. Confira nossas indicações.

Localização da casa

Uma casa verde é considerada sustentável conforme o seu ponto de localização. O indicado é que esta moradia seja feita fora das áreas de preservação e próxima de locais de fácil acesso, para evitar uso de carros e contribuir para emissão de poluentes.

Sistemas elétricos e hidráulicos

As casas sustentáveis utilizam formas alternativas que possam utilizar os seus recursos de forma racional. Neste caso, oferecem soluções para gerar energia e minimizar o consumo de água. Os painéis solares, as janelas também ajudam na economia de energia e apresentam baixo custo, devido à melhora da iluminação e ventilação do local.

Em exemplo, a aplicação de brises e toldos são alternativas para o controle da luz solar, além de deixar um conforto térmico para a casa verde.

Ainda, o uso de telhados verdes, permite manter a temperatura da casa, além de ser bonito e seguro. Vale citar também as cisternas para captação e armazenamento da água e da chuva. A água da cisterna pode ser utilizada para situação que não existe água potável.

Materiais de construção

O tijolo ecológico é feito de cimento, água e terra e não precisa de cozimento no forno. Este tijolo diminui o consumo do concreto, argamassa e o aço, o que diminui o entulho.

Revestimento sustentável

A decoração também pode utilizar materiais sustentáveis, em exemplo, a tinta mineral ecológica. Esta tinta possui minérios da terra com várias tonalidades. Além disso, a casa pode receber revestimentos a base de resina que tem em sua composição resina pet e resíduos de pedra. Para completar a casa sustentável, vale usar ladrilho hidráulico, que não emite gases com queima de fornos.

Materiais e objetos para sua construção

Poucos sabem, mas uma casa verde pode ser sustentável de baixo custo, utilizando os materiais adequados. Em exemplo, alguns dos materiais que podem ser aplicados:

O que poucos sabem é que muitas pessoas podem transformar sua casa em sustentável, com o uso de alguns objetos bem simples. Veja algumas opções:

No final de contas o objetivo é diminuir o impacto ambiental. Dessa forma, vale optar pelos materiais de origem natural, que sejam adquiridos por fornecedores certificados. Cada matéria prima deve ser usada de forma inteligente, portanto é necessário planejar, fazer o reaproveitamento e a reciclagem da matéria prima.

Durante a construção ou adaptação da casa verde, não se esqueça de:

Custo da casa sustentável

Quando falamos em construir uma casa sustentável, atualmente, muitos dos produtos sustentáveis para construção civil não são necessariamente mais caro que os tradicionais, sendo que a vantagem também pode aparecer na economia de mão de obra ou outros fatores relacionados.

Ainda, vale a pena destacara que muito dos investimentos em sistema e equipamentos que realmente podem custar mais que os tradicionais, representam uma economia ao longo do tempo e até uma valorização.

Notamos ainda um desconto progressivo em tributos relacionados ao imóvel, bem como o IPTU VERDE, podendo chegar a 12% de desconto. Em resumo, o custo de uma casa sustentável é próximo de uma casa tradicional. No entanto, algumas soluções podem ter um custo inicial mais alto, porém, em médio a longo prazo pode trazer economia e até valorizar o imóvel.

O custo de uma casa sustentável é próximo de uma casa tradicional. No entanto, algumas soluções podem ter um custo inicial mais alto, porém, em médio prazo pode trazer economia.

Como fazer e aplicar soluções sustentáveis em sua casa atual

Mas, se você deseja que a casa onde você mora seja mais sustentável, sem ter que construir uma, isso é bem possível! Por isso, damos algumas dicas abaixo.

1 – Consuma somente a quantidade necessária de água

Uma casa verde utiliza somente a água necessária para trazer conforto e bem estar para o seu morador. Não se esqueça de optar por equipamento que traga eficiência, como descargas com duplo acionamento e chuveiros que misturam água e ar.

2 – Diminua o consumo de energia

O projeto deve ser feito de forma que a casa seja energeticamente eficiente. Como solução, além de evitar luzes e eletrodomésticos ligados constantemente, invista em janelas amplas e cores claras. Estes materiais evita o uso constante de lâmpadas, assim os painéis solares pode servir para substituir aquecedores e trazer uma ventilação correta.

3 – Ambientes saudáveis

Para ter uma casa verde não precisa passar por sacrifícios. A moradia pode ter ambientes confortáveis, como uma janela de ventilação e controle da umidade. Estes itens permitem um dia saudável.

4 – Certificação de casa sustentável

A certificação feita pelas instituições segue com um selo para confirmar que o lar realmente é sustentável. Neste caso, vale seguir as exigências e acompanhar tudo dentro do registro, além de ter todas as adaptações exigidas.

Tecnologias para deixar sua casa mais sustentável

1 – Cisterna

Use um sistema para captar e armazenar água da chuva. A tecnologia evoluiu e existem modelos compactos para casas, não sendo necessário fazer obras ou reformas.

Utilizando a cisterna, você pode economizar até 50% a conta de água e ainda, preservar um recurso do planeta que é finito.

2 – Aquecimento solar

Trata-se da captação do calor do sol e sua transferência para o aquecimento da água. A captação do calor é feita pelas placas solares, melhor conhecidas como coletores solares térmicos.

Atualmente existem empresas que oferecem instalações com excelente custo-benefício  que ainda contam com programas de financiamento. Ou seja, você consegue pagar parte do seu financiamento com a economia que tem na conta de energia que pode chegar em até 40%.

3 – Energia solar fotovoltaica

Diferente da tecnologia dos aquecedores solares, os sistemas fotovoltaicos começaram sua história no Brasil bem mais recentemente.

Além de economizar energia, você também passa a gerar energia. Se você gerar mais energia do que consome, o excedente é “emprestada” para a distribuidora, gerando os chamados créditos energéticos para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *