Você provavelmente, assim como muita gente, já pensou em algum momento em como seria se os seus hábitos alimentares fossem mais saudáveis.

Mas com o dia a dia corrido e nossos atuais hábitos, cultivados por tantos anos, parece ser quase impossível alcançar esse objetivo, não é verdade?

A boa notícia é que, para começar a ter esses hábitos, não é necessário enormes esforços, nem dietas restritivas ou mirabolantes. Você pode começar com apenas alguns hábitos mais fáceis de se adaptar e, ainda assim, já vai começar a sentir uma enorme diferença no seu bem-estar.

A nutricionista Gabriele Furlan vai te dar algumas dicas para ter hábitos alimentares mais saudáveis. Vamos colocar essas dicas em prática?

Vá a feira semanalmente

Deixe sempre na sua geladeira opções de frutas, legumes e verduras. É mais provável que você consuma esses alimentos, se eles estiverem facilmente ao seu alcance. E quanto mais você consumi-los, mais facilmente isso se tornará um hábito.

Vale lembrar que a OMS – Organização Mundial de Saúde, recomenda a ingestão diária de pelo menos cinco porções desses tipos de alimentos.

Mastigue devagar

Você sabia que leva algum tempo, ao comer, para que o nosso organismo consiga acionar os hormônios que são responsáveis pela sensação de saciedade, ou seja, de que já comemos o suficiente?

Assim, se você come rápido demais, vai acabar comendo mais do que realmente precisa!

Esse simples hábito de mastigar devagar os alimentos vai também ajudar a aguçar o seu paladar, a sentir melhor o sabor dos alimentos e, é claro, a ter uma melhor digestão.

Beba água

Ah, mas isso é muito clichê, não é?

Sim, é provável que você já tenha ouvido essa recomendação por inúmeras vezes, e não é sem razão. A água é essencial na digestão dos alimentos, na absorção de seus nutrientes e no processo de excreção, ajudando realmente a limpar todo o organismo.

Precisamos de mais água nos dias quentes, outra coisa que você já deve ter ouvido bastante, justamente porque a água auxilia o organismo a manter a temperatura corporal.

Quer saber quanto de água é o suficiente?

Então faça esse cálculo: 0,035 vezes o seu peso, é a quantidade, em mililitros, que você deve ingerir de água, todos os dias.

Coma alimentos integrais

As fibras contidas nos alimentos integrais são um santo remédio para grande parte das doenças crônicas não transmissíveis. Elas ainda auxiliam o controle glicêmico, a excreção de gordura, a redução dos níveis de colesterol e o bom funcionamento do intestino, entre inúmeras outras vantagens.

Introduza alimentos integrais na sua dieta!

Cuidado com o sal

O consumo excessivo de sal aumenta o risco da hipertensão arterial, além das doenças cardiovasculares e renais, por isso, reduza progressivamente a quantidade de sal que você usa diariamente na sua comida. Depois de um tempo você nem vai sentir a diferença, mas estará fazendo um enorme bem à sua saúde.

Mas não é apenas com a pitada de sal na comida que você deve se preocupar. Inúmeros alimentos industrializados, principalmente os chamados ultra processados, como o macarrão instantâneo, frango empanado, hamburger, salsicha, entre outros, estão recheados de sódio.

Reduza o açúcar

O alto consumo de açúcar tem um impacto significativo no desenvolvimento da obesidade, resistência à insulina, hipertensão, diabetes, síndrome metabólica, esteatose hepática não alcoólica e até mesmo o câncer.

Reduza o açúcar na sua dieta e esteja atento aos industrializados como refrigerantes, sucos de caixinha, entre outros campeões de quantidade de açúcar.

Comece seus novos hábitos alimentares, mais saudáveis, com essas pequenas mudanças diárias.

Faça um esforço por 21 dias e veja a mágica acontecer. Você terá conquistado esses novos hábitos e será muito mais fácil conseguir mantê-los. Como resultado, seu corpo começará a mudar para melhor. E você se sentirá com mais energia, mais disposição, maior capacidade de concentração e atenção, um melhor desempenho de forma geral, além de ter ótimas noites de sono!

Qual o seu segredo para um hábito alimentar saudável? Deixe um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *